Faça Valer. Faça FAAP.

Design de Interiores: repertório projetual

Não há vagas disponíveis para esse curso.
Avise-me

CAMPUS: São Paulo

APRESENTAÇÃO DO CURSO:
O curso de Pós-graduação em Design de Interiores: repertório projetual  diferencia-se como conteúdo e estratégia dos estudos técnicos de decoração e da formação em arquitetura, focando na individualidade de procedimentos do interior design.
Desenvolvemos nos profissionais participantes repertório projetual a partir de conhecimentos multidisciplinares, como o próprio design de interiores, desenvolvendo competências culturais propiciadoras à compreensão, estudo e criação de espaços inovadores, inventivos e contemporâneos.
Compreendemos o design de interiores como reflexão e criação dos espaços de moradia, trabalho e lazer, onde o cidadão voltado à produção e à construção da qualidade de vida desenha e realiza seu ambiente vital.

OBJETIVO:
Fornecer instrumentos projetuais contemporâneos e repertório cultural voltado para a compreensão dos significados dos espaços, mobiliário e objetos que propiciem intervenções em edificações existentes. Desenvolver nos profissionais participantes conhecimentos multidisciplinares gerando competências necessárias à criação de espaços inovadores e inventivos.

A QUEM SE DESTINA:
Interessados com formação em curso superior em qualquer área. Profissionais atuantes nas áreas de Design Gráfico, Artes Visuais, Moda, Comunicação, Design de Interiores, Arquitetura e Design de Produto.

METODOLOGIA:
Aulas expositivas com apoio de imagens, ateliers de desenvolvimento de projetos de interiores, seminários sobre textos, pesquisas de campo, exercícios de desenho e palestras profissionais.

CARGA HORÁRIA TOTAL: 432 h/aula
PREVISÃO DE INÍCIO: março/2017

HORÁRIO DAS AULAS:
Terças e quintas – 19h10 às 22h45
Caso seja necessário adequar o calendário, poderão ocorrer atividades aos sábados ou em outros dias da semana agendados previamente.

COORDENAÇÃO: Me. Carlos Eduardo Perrone (Currículo lattes

VALOR DO INVESTIMENTO:
À vista R$.23.850,00
18 x R$.1.473,07
24 x R$.1.141,48

Apresentação de projetos
Estímulo, desenvolvimento e personalização de recursos de representação visual. Os objetivos são adequar às linguagens de apresentação de projeto em suas diversas etapas, aumentar a eficiência da comunicação aluno/professor e designer/cliente por meio de ampliação de repertório e exercícios práticos.

Artes decorativas e design
Estudar a criação, produção, comercialização e uso de objetos funcionais, decorativos ou simbólicos, dentro do quadro de referências da sociedade a que pertencem. Analisar o processo das artes decorativas enquanto manifestação coesa às demandas da sociedade de seu tempo.

Artes plásticas: lugar e contexto
Abordar o lugar das artes plásticas no design de interiores; o papel das artes plásticas na formação de repertório e construção de referências do projeto de design de interiores; o valor simbólico-cultural, social e econômico do objeto de arte e das artes decorativas no projeto de design de interiores. Estudar a relação entre o design e as artes plásticas; o universo de valores da arte (simbólico, social, econômico); o papel da arte na aquisição de repertório do designer de interiores; os objetos de arte – original, cópia, reprodução e as artes decorativas; o cenário contemporâneo das artes plásticas no Brasil e em São Paulo; e a valoração e adequação de obras de arte em projetos de design de interiores.

Bases para o design de interiores
Questões sobre a prática profissional: referências de projeto, escalas e possibilidades de uso do espaço interno; identificação dos elementos essenciais do design de interiores. Análise de ambientes existentes.

Desenho do espaço expositivo
Elaboração de portfólio de projetos desenvolvidos no decorrer do curso. Análise de resultados e compilação de trabalhos destinados à continuidade de carreira acadêmica e profissional.

Desenvolvimento de projetos
Aplicar em nível avançado os conceitos e práticas projetuais desenvolvidas durante o curso visando a construção de um projeto final, com qualidades de referência e excelência. Execução de monografia conceituadora dos repertórios projetuais aplicados.

Edição de monografia e projeto
Concepção gráfica, editoração da monografia e apresentação do Projeto de Especialização.

Espaço cenográfico
Estudar a cenografia como meio de expressão artística formadora de contexto na sociedade contemporânea. O curso tem por meta a formação de repertório em cenografia e direção de arte teatral e cinematográfica, proporcionando ao aluno dados para uma melhor articulação em projetos de caráter efêmero em qualquer área do Design de Interiores. Estudar os diferentes formatos e relações entre palco e plateia, seus elementos constitutivos e a criação de linguagem para o palco e para os espaços não convencionais a partir de experiência prática e visita a um espaço cenográfico.

Espaço, identidade visual e marca
Abordar o espaço institucional como parte componente da identidade visual em um meio corporativo ou industrial; ambiente de marca; com o designer de interiores como gestor de marcas.

Estampas e interiores
O desenho como linguagem para criação de estampas para interiores. Fundamentos do desenho têxtil e métodos utilizados no processo de criação no desenho de estamparia. Da concepção de uma estampa ao produto têxtil e suas questões artísticas, estéticas e limitações técnicas dos processos de produção.

Interiores: signos e representação
Mostrar o Design de Interiores como organização de signos; a legibilidade do espaço; os elementos físicos componentes dos espaços vistos como signos; a representação de valores culturais e seus condicionantes geográficos e históricos; a questão do gosto; as interações entre as diversas áreas do design e as cores: a paleta como representação de espaço e tempo.

Luz e espaço
Abordar de diferentes maneiras o estudo da iluminação relacionado à visão humana, levando em consideração o conforto visual, a sensação psicológica, a percepção e interpretação de espaços, ambientes e objetos, a adequação à execução de atividades e à ambientação desejada, dentre outros aspectos. Introduzir alguns dos conceitos fundamentais de luminotécnica e as tecnologias disponíveis, relacionando sua aplicação à responsabilidade pelo ambiente construído e bem-estar do usuário final.

Metodologia científica
Analisar o processo de planejamento e desenvolvimento do projeto de especialização. Estabelecer parâmetros para a monografia – obrigatoriedades e formatação. Conceito de pesquisa: o que é e por que se faz um projeto de pesquisa. Metodologia científica: fundamentos e procedimentos, modalidades, características e tipos de estudo. Metodologia Operacional do Projeto de Interiores: as etapas de planejamento e desenvolvimento. Aplicação e interpretação das metodologias e conceitos que sustentam o projeto e a prática profissional.

Mobiliário e objetos
Especificação de objetos e mobiliário em espaços interiores. Informações históricas e de estilo como repertório de projeto. Relações interativas entre mobiliário e arquitetura.

Paisagismo de interiores
Os conceitos de paisagem na formação do espaço arquitetônico e de interiores. A paisagem e seus principais elementos na constituição de um espaço e ambiente. Relações entre a paisagem e a arte nas suas diversas formas de expressão: desenho, pintura, afrescos, vitrais, escultura e jardins. A percepção da paisagem como conceito e forma de proposição de projetos e intervenções espaciais no design de interiores. Análise de projetos de paisagismo de interiores e exteriores a partir do estudo de seus elementos naturais e culturais. 

Portfólio e análise de resultados
Elaboração de portfólio de projetos desenvolvidos no decorrer do curso. Análise de resultados e compilação de trabalhos destinados à continuidade de carreira acadêmica e profissional.

Projeto de interiores
Exercício de programas complexos que exijam visão e ação multidisciplinar para seu conhecimento, entendimento, proposição e perfeita execução dos projetos bem como da sua implantação. O papel do designer de interiores como gestor de um processo que congrega tanto habilidades estético-simbólicas como técnico-funcionais. Por um lado trabalhar com a arte de materializar atributos através de formas, cores, texturas, cheiros, outros. Por outro lado, reger aspectos técnicos específicos de cada demanda, tendo as consultorias e projetos complementares como parte integrante do processo de projeto de design de interiores. Repertório através de exemplos e exercício prático para desenvolvimento das habilidades.

Adriana Monzillo de Oliveira (currículo lattes)
Carlos E.L. Perrone (currículo lattes
Claudia B. Shimabukuro 
Claudio A. R.  Ferlauto (currículo lattes)
Didiana Prata
Iris Di Ciommo
Marcelo Aflalo
Maria Izabel Branco Ribeiro (currículo lattes
Milton Francisco
Plinio Toledo Piza (currículo lattes)
Sylvia Demetresco
Waldemar Zaidler (currículo lattes

O processo seletivo é constituído das seguintes etapas:

  • Inscrição on-line no site (dados gerais, currículo acadêmico profissional, carta de intenção do candidato e cópia do diploma de graduação ou declaração de colação de grau). A carta de intenção é um texto mínimo de 20 linhas descrevendo os motivos de ter escolhido a FAAP e o curso, bem como o interesse nos temas relacionados ao curso;
  • Análise dos dados do candidato;
  • Recebimento do resultado do processo seletivo por e-mail;
  • Em caso de aprovação, matrícula e pagamento;
  • Entrega dos documentos.

A coordenação do curso, se necessário, poderá realizar entrevistas individuais com alguns ou todos os candidatos.
As vagas são limitadas e serão preenchidas por ordem de efetivação da matrícula.

A FAAP reserva-se o direito de alterar datas, horários, ou cancelar o curso.

Observação: É facultado à FAAP o cancelamento ou o adiamento do curso no prazo de até oito dias antes da data prevista para seu início, hipótese em que será restituído ao candidato o valor pago, no prazo de oito dias úteis a contar da data em que o candidato informar, por escrito, os dados de conta corrente bancária para a restituição. Nos cursos ministrados em mais de um módulo, é facultado também a alteração dos dias e horários de aulas do(s) módulo(s) subsequente(s), caso seja necessária a reorganização de turmas.

Observação: É facultado à FAAP o cancelamento ou o adiamento (por até 30 dias) do curso, desde que informe no prazo de até oito dias antes da data prevista para seu início.  Em caso de cancelamento , será restituído ao candidato o valor pago, no prazo de doze dias úteis a contar da data em for informado, por escrito, os dados de conta corrente bancária para a restituição. Nos cursos ministrados em mais de um módulo, é facultada também a alteração dos dias e horários de aulas do(s) módulo(s) subsequente(s), caso seja necessária a reorganização de turmas.

Topo