Faça Valer. Faça FAAP.

Formação do Pensamento Moderno: Filosofia, Política e Economia

Não há vagas disponíveis para esse curso.
Avise-me

CAMPUS: São Paulo

APRESENTAÇÃO DO CURSO:
O curso oferece uma compreensão geral das mais influentes ideias que se desenvolveram no ocidente e que ainda continuam a desempenhar um importante papel no mundo contemporâneo. Assim, este curso permite que o aluno desenvolva amplo conhecimento sobre as mais diversas ideias políticas, econômicas e filosóficas, ampliando o repertório e estando apto a debater com maior profundidade os grandes temas que envolvem a vida social.

OBJETIVO:
Compreender as principais correntes ideológicas que se desenvolveram no Ocidente e que continuam a influenciar diversos acontecimentos da vida social, política e econômica contemporânea.

A QUEM SE DESTINA:
Qualquer pessoa interessada em histórias das ideias filosóficas, políticas e econômicas. Alguém que atue na vida acadêmica que busque aprofundamento em conceitos e escolas do pensamento ocidental.

METODOLOGIA:
Será oferecido um panorama das principais escolas de pensamento ocidental, divididas em três eixos: escolas do pensamento filosófico (humanista, iluminista, moderna, romântica, positivista/materialista, existencialista e pós-moderna); escolas do pensamento político (liberal, conservadora, socialista, anarquista, nacionalista e as novas escolas: ambientalista, cosmopolita, pós-colonialista e feminista); e escolas do pensamento econômico (clássica, marxista, neoclássica, desenvolvimentista, keynesiana e neoliberal). O aluno terá contato com professores mestres e doutores, que possuem vasto conhecimento específico sobre a escola de pensamento que irá ministrar.

CARGA HORÁRIA TOTAL: 432 h/aula
PREVISÃO DE INÍCIO: março/2017
HORÁRIO DAS AULAS: terças e quintas das 19h10min às 22h45min.
COORDENAÇÃO: Prof. Dr. David Almstadter Mattar de Magalhães

VALOR DO INVESTIMENTO:
À vista R$.19.500,00
18 x R$.1.204,40
24 x R$.933,29

MÓDULOS

1. Escolas do Pensamento Filosófico

Objetivo: Compreender o desenvolvimento das correntes filosóficas, a partir do século XVI até o século XX, que influenciaram as ideologias políticas e econômicas modernas.

  1. Humanismo
    A gênese e desenvolvimento do movimento humanista na Europa durante o século XV e XVI. Estudar o renascimento da cultura clássica, as críticas à filosofia medieval (escolástica) e o pensamento antropocêntrico nas obras de Petrarca, Erasmo de Roterdã, Thomas More e Rabelais.
  2. Iluminismo
    O movimento intelectual, desenvolvido principalmente na França, Reino Unido e Alemanha. Compreender as diversas correntes do pensamento iluminista, principalmente o “empirismo”, “racionalismo” e pensamento kantiano. Os principais autores examinados são Descartes, Leibniz, Spinoza, Voltaire, John Locke, David Hume e Kant. 
  3. Romantismo
    A reação romântica ao pensamento iluminista que floresceu na Europa no Século XIX a partir das da filosofia idealista alemã de autores como Schelling, Hegel e Schopenhauer.
  4. Positivismo/Materialismo
    A filosofia materialista no século XIX, com ênfase no materialismo dialético de Karl Marx e Friedrich Engels. Além disso, compreender o Positivismo filosófico de August Comte bem como suas influências no pensamento no século XIX e XX.  
  5. Existencialismo
    As principais linhas do pensamento existencialista no século XIX e XX, nas obras de Kierkegaard, Nietzsche, Heidegger, Sartre, Camus e Simone de Beauvoir.
  6. Pós-Modernismo
    O movimento intelectual predominante na segunda metade do século XX nas obras dos filósofos Foucault, Derrida e Baudrillard. 

2. Escolas do Pensamento Político

Objetivo: Estudar as principais ideologias políticas do século XVI ao Século XX.

  1. Liberalismo
    Os fundamentos do pensamento político liberal, seja na sua matriz francesa, britânica e norte-americana. Os principais autores examinados são John Locke, John Stuart Mill, Rousseau, Voltaire, Montesquieu, Tocqueville, Benjamin Constant, Thomas Paine e a ‘obra’ “Federalist Papers”.
  2. Conservadorismo
    O pensamento político conservador e suas principais correntes, com ênfase nas ideias de Edmund Burke. Examinar a filosofia política de Oakeshott, Scruton, Leo Strauss e Russel Kirk.
  3. Socialismo
    As ideias políticas dos pensadores socialistas utópicos, como Robert Owen, Saint-Simon e Charles Fourier; A teoria do Estado a partir das obras de Karl Marx e Friedrich Engels e de outros autores marxistas.  
  4. Anarquismo
    As origens e desenvolvimento do movimento anarquista; O pensamento político anarquista nas obras de Proudhon e Bakunin; Comparação, do ponto de vista das ideias políticas, do socialismo/comunismo com o anarquismo.
  5. Nacionalismo
    Os fundamentos do pensamento nacionalista que floresceu na Europa no século XIX no bojo do movimento romântico; As diversas manifestações do nacionalismo (cultural, étnico, religioso, de esquerda, etc).
  6. Novas correntes
    As diferentes correntes intelectuais políticas que floresceram no século XX: Escola de Frankfurt, Ambientalismo, cosmopolitismo, Pós-colonialismo e feminismo.

3. Escolas do Pensamento Econômico

Objetivo: Compreender as principais correntes de ideias econômicas do século XVI ao Século XX.

  1. Escola Clássica
    O pensamento econômico desenvolvido no século XVIII pelos economistas Adam Smith, Robert Malthus e David Ricardo.
  2. Marxismo
    As ideais econômicas de Karl Marx, principalmente a tese marxista sobre a natureza e funcionamento do sistema capitalista defendida na obra “O Capital”.
  3. Escola Neoclássica
    As ideias e metodologias científicas concebidas na obra de William Jevons, Carl Menger e Leon Walras.
  4. Keynesianismo
    O pensamento macroeconômico de J. M. Keynes e sua influência nas diversas experiências keynesianas no século XX.
  5. Desenvolvimentismo
    As raízes neokeynesianas do pensamento econômico desenvolvimentista que floresce no terceiro mundo após a Segunda Guerra Mundial na obra de Paul Davidson e Joseph Stiglitz. Compreender as ideais do desenvolvimentismo brasileiro com ênfase no pensamento econômico de Bresser-Pereira.
  6. Neoliberalismo
    O pensamento neoliberal desenvolvido pela “Escola Austríaca”, com ênfase nas ideias de Von Mises e Hayek. Compreender as diferenças entre o pensamento neoliberal da Escola de Chicago e a Escola Austríaca. Estudar o anarco-capitalismo de Rothbard.

Antonio Sergio Bichir (Currículo Lattes)

Áquilas Nogueira Mendes (Currículo Lattes)

Carlos Gustavi Poggio Teixeira (Currículo Lattes

Fernando Limongeli Gurgueira (Currículo Lattes)

Lucas Amaral Batista Leite  (Currículo Lattes)

Orlando Assunção Fernandes  (Currículo Lattes)  

Osmar masini visibelli (Currículo Lattes)  

Paulo Dutra Costantin (Currículo Lattes) 

O processo seletivo é constituído das seguintes etapas:

  • Inscrição on-line no site (dados gerais, currículo acadêmico profissional, carta de intenção do candidato e cópia do diploma de graduação ou declaração de colação de grau). A carta de intenção é um texto mínimo de 20 linhas descrevendo os motivos de ter escolhido a FAAP e o curso, bem como o interesse nos temas relacionados ao curso;
  • Análise dos dados do candidato;
  • Recebimento do resultado do processo seletivo por e-mail;
  • Em caso de aprovação, matrícula e pagamento;
  • Entrega dos documentos.

A coordenação do curso, se necessário, poderá realizar entrevistas individuais com alguns ou todos os candidatos.

As vagas são limitadas e serão preenchidas por ordem de efetivação da matrícula.

A FAAP reserva-se o direito de alterar datas, horários, ou cancelar o curso.

Observação: É facultado à FAAP o cancelamento ou o adiamento (por até 30 dias) do curso, desde que informe no prazo de até oito dias antes da data prevista para seu início.  Em caso de cancelamento , será restituído ao candidato o valor pago, no prazo de doze dias úteis a contar da data em for informado, por escrito, os dados de conta corrente bancária para a restituição. Nos cursos ministrados em mais de um módulo, é facultada também a alteração dos dias e horários de aulas do(s) módulo(s) subsequente(s), caso seja necessária a reorganização de turmas.

Topo