MENU
X

PÓS-GRADUAÇÃO

Prevenção Coronavirus

Mediante o contexto de prevenção ao Coronavírus (Covid-19), o processo seletivo para os cursos de Pós Graduação foi prorrogado, não havendo ainda uma data certa para a retomada das atividades.

A FAAP permanecerá atenta e atualizada quanto às orientações dos órgãos competentes, zelando pela saúde e bem estar de todos.

Por isso, solicitamos que fiquem conectados aos nossos canais oficiais de comunicação, pelos quais traremos as devidas orientações, assim como, possíveis novidades sobre a retomada do processo seletivo de Pós-Graduação.

OUVIDORIA

A primeira ouvidoria surgiu no século XIX, na Suécia, introduzindo a figura do Justitieombudsman, ou delegado parlamentar, cuja atribuição era representar o povo para fiscalizar a Administração Pública.

Espelhado no modelo europeu, hoje, a figura do ouvidor está presente na administração pública e privada de vários países. Costuma-se usar a palavra ouvidor para a Administração Pública e ombudsman para área privada.

As primeiras ouvidorias universitárias surgiram no Canadá em 1965, e nos Estados Unidos em 1967. No Brasil, a primeira universidade a implantar sua ouvidoria foi a Universidade Federal do Espírito Santo, em 1992.

A Ouvidoria na FAAP Pós-graduação foi implantada no ano 2000. Esse canal de comunicação foi criado para estreitar o relacionamento entre a comunidade externa e interna com a direção da Pós-Graduação, e tem como característica o informalismo na apuração dos fatos e a flexibilidade de ação.

O papel do ouvidor é de suma importância numa gestão democrática. Conduz os interesses dos manifestantes a fim de esclarecer os atos e as normas administrativas, encaminhar as manifestações aos setores envolvidos e acompanhar o processo até a sua conclusão, seja ela favorável ou não às partes.