MENU
Imagem da área

Documentário: estéticas e práticas

SOBRE

CAMPUS: São Paulo

APRESENTAÇÃO DO CURSO: O que se compreendia como campo documental vem se expandindo consideravelmente nas últimas décadas, desafiando profissionais e críticos a acompanhar suas transformações e a investigar suas fronteiras. O curso de Pós-Graduação em Documentário da FAAP organiza-se em torno de três focos principais, Linguagem, Prática e Mercado, visando formar profissionais conectados com a produção contemporânea e capazes de identificar a especificidade e o potencial das diversas janelas de exibição disponíveis atualmente. Reunimos um grupo de professores com ampla experiência prática, grande conhecimento acadêmico e forte diálogo com o mercado, em um curso cuja estrutura converge para a produção sem perder de vista a reflexão, o potencial artístico e a viabilização comercial das obras.

OBJETIVO: Ao final do curso, o aluno estará apto a:

  • Perceber e diferenciar as várias tendências estéticas da linguagem documental, reconhecendo especialmente as tendências contemporâneas, bem como seus diálogos e contraposições com a história do documentário.
  • Realizar documentários com temáticas e formas relevantes.
  • Pesquisar e identificar as oportunidades de mercado. 
  • Desenvolver um trabalho de conclusão de curso que se adeque ao seu perfil e interesse profissional.

A QUEM SE DESTINA: Cineastas, jornalistas, documentaristas, fotógrafos, profissionais de televisão, pesquisadores das ciências humanas e sociais, artistas, educadores, psicanalistas e estudantes interessados em:

  • Aprofundar seus conhecimentos sobre a linguagem documental, com especial foco nas tendências e experiências contemporâneas.
  • Desenvolver projetos e/ou produzir obras documentais com assessoria crítica e qualificada, com vistas a atuar profissionalmente no cenário audiovisual brasileiro e/ou aprofundar pesquisas acadêmicas.

METODOLOGIA: Nas disciplinas do curso, apresentamos as diversas tendências do campo documental a partir de recortes transversais que conectam e contrapõem a experiência contemporânea a seus precursores ao longo da história do documentário. Assessoramos os alunos desde a concepção da ideia até a finalização de seus curtas-metragens; e os estimulamos a analisar suas trajetórias de vida, identificar suas inquietações e criar projetos a partir de temas sobre os quais tenham interesse e com potencial para se tornarem relevantes. Buscamos preparar os alunos para desenvolver projetos que dialoguem com as oportunidades presentes no campo da televisão, do VOD, dos festivais, das galerias, das novas mídias e outras “janelas” de exibição, entendendo os perfis de cada player e as demandas para apresentação e desenvolvimento de projetos nesses segmentos. É facultado aos alunos, no trabalho de conclusão de curso, trabalhar individualmente ou em grupo, e escolher entre os seguintes formatos: Projeto documental para inscrição em editais e leis de incentivo; Documentário de curta ou média-metragem, videoarte ou perfomance; Monografia; Ensaio crítico.

CARGA HORÁRIA TOTAL: 432 h/a

INÍCIO: Março/2018

HORÁRIO DAS AULAS: quartas e quintas-feiras das 19h10 às 22h45 (esporadicamente, podem ser agendadas aulas aos sábados, das 9h00 às 12h35).

COORDENAÇÃO: Moira Toledo

VALOR DO INVESTIMENTO:
À vista R$.23.850,00
18 x R$.1.473,07
24 x R$.1.141,48

PROGRAMA

Entre o fato e a ficção - linguagem e modos documentais 
Objetivo:
 Introduzir os alunos às principais características da expressão documental, seus principais modos e tendências formais, bem como às principais questões éticas e metodológicas que a cercam desde sua gênese.

Diante da história I e II - o inimigo, a violência, o trauma e os conflitos sociais
Objetivo:
 Delinear alguns dos principais dilemas éticos, estéticos e políticos da produção documental contemporânea atravessada por diversas formas de confronto, conflito e violência traumática, do âmbito social e histórico ao subjetivo e psíquico.

Tendências do documentário contemporâneo I e II
Objetivo:
 Traçar um panorama do documentário contemporâneo, brasileiro e estrangeiro, apresentando suas principais tendências, especialmente do segmento com maior legitimidade artística cuja principal janela são os festivais.

Processos criativos e Oficina de documentário curto I, II e III 
Objetivo:
 Assessorar os alunos no desenvolvimento dos diversos projetos práticos semestrais, através de atividades de autoconhecimento, pesquisa, experimentação, criação, ensaio, planejamento e análise de material bruto/primeiros cortes/edições. Essas disciplinas acontecem ao longo dos três módulos do curso.

Documentário expandido
Objetivo:
 Delimitar as principais características formais do campo documental e das demais formas de expressão visuais e audiovisuais, para então apresentar as formas contemporâneas que deslocam as fronteiras entre esses campos e experimentam novas janelas.

Contrapontos com o documentário moderno 
Objetivo:
 Destacar tendências do documentário contemporâneo que possuem um forte diálogo criativo com a tradição e/ou busquem se contrapor a formas e estratégias do documentário moderno. Essas tendências também encontram sua principal janela em festivais.

Grandes formas, grandes temas – TV, VOD, Jornalismo
Objetivo:
 Apresentar um panorama das principais tendências clássicas e comerciais de produção documental, nos formatos matéria jornalística, média, longa-metragem e seriado, cujas principais janelas são em geral a TV a cabo, o VOD e o jornalismo digital.

Documentário e Mercado
Objetivo: Demonstrar o imenso potencial do mercado atual para o financiamento e distribuição da produção documental, visando preparar os alunos para identificar oportunidades; desenvolver projetos com visão de mercado; realizar pitchings; e vender projetos e produtos para os principais players do país e internacionais nos principais eventos e feiras existentes.

Oficina de criação de Trabalhos de Conclusão de Curso
Objetivo:
 Assessorar os alunos durante todo o processo de criação e preparo dos Trabalhos de Conclusão de curso. As orientações ocorrem em grupo, tal como em universidades americanas, e visam potencializar o amadurecimento dos projetos também a partir da troca horizontal entre os pares.

DOCENTES

  • André Costa (Currículo Lattes)
  • Flavio de Souza Brito (Currículo Lattes)
  • Humberto Carneiro Neiva (Currículo Lattes)
  • Ilana Feldman (Currículo Lattes)
  • Lucas Camargo de Barros (Currículo Lattes)
  • Luciana Rodrigues (Currículo Lattes)
  • Moira Toledo (Currículo Lattes)
  • Reinaldo Cardenuto Filho (Currículo Lattes)

A FAAP reserva-se o direito de alterar o corpo docente durante o curso em função de necessidades pessoais ou institucionais, não comprometendo a qualidade do curso.

PROCESSO SELETIVO

O processo seletivo é constituído das seguintes etapas:

  • Inscrição on-line no site (dados gerais, currículo acadêmico profissional, carta de intenção do candidato e cópia do diploma de graduação ou declaração de colação de grau). A carta de intenção é um texto mínimo de 20 linhas descrevendo os motivos de ter escolhido a FAAP e o curso, bem como o interesse nos temas relacionados ao curso;
  • Análise dos dados do candidato;
  • Recebimento do resultado do processo seletivo por e-mail;
  • Em caso de aprovação, matrícula e pagamento;
  • Entrega dos documentos.

A coordenação do curso, se necessário, poderá realizar entrevistas individuais com alguns ou todos os candidatos.
As vagas são limitadas e serão preenchidas por ordem de efetivação da matrícula.

A FAAP reserva-se o direito de alterar datas, horários, ou cancelar o curso.

Observação: É facultado à FAAP o cancelamento ou o adiamento do curso no prazo de até oito dias antes da data prevista para seu início, hipótese em que será restituído ao candidato o valor pago, no prazo de dez dias úteis a contar da data em que o candidato informar, por escrito, os dados de conta corrente bancária para a restituição. Nos cursos ministrados em mais de um módulo, é facultado também a alteração dos dias e horários de aulas do(s) módulo(s) subsequente(s), caso seja necessária a reorganização de turmas.